You are currently viewing Reflexo do autocuidado na maternidade<span class="wtr-time-wrap after-title">Tempo estimado de leitura: <span class="wtr-time-number">3</span> minutos</span>

Reflexo do autocuidado na maternidadeTempo estimado de leitura: 3 minutos

Você já ouviu falar que quem ama cuida? Pois então: se nos amamos, devemos praticar também o autocuidado na maternidade.

Bom, tudo isso é lindo — mas sabemos que, na maternidade, nem sempre é possível. Nosso corpo passa por diversas mudanças, a insegurança e o receio tomam conta, nossos afazeres dobram e tudo é uma novidade, seja você uma mãe de primeira, de segunda ou de mais viagens.

Além disso, a pressão (interna e externa) para ser uma mãe perfeita e ainda manter a boa forma após o nascimento do bebê também pesa a maternidade. E somando o turbilhão de hormônios a todos esses fatores, o resultado é uma sobrecarga materna.

É justamente por isso que o bem-estar materno é tão importante. São tantos acontecimentos ao mesmo tempo que, geralmente, deixamos de fazer algo por nós pensando no bem de quem amamos, principalmente da família e dos pequenos. O problema é que, se não estamos nos sentindo bem — sem as energias carregadas e a saúde em dia, sem o prazer de nos sentirmos felizes na própria pele — como podemos cuidar de alguém?

Autocuidado na maternidade

Uma mãe feliz passa pelas adversidades com mais facilidade, e sabe captar melhor os momentos incríveis que a maternidade proporciona.

Então, sempre que possível, tire um tempo para cuidar de você. Para fazer coisas que te fazem bem. Se você tem rotina bem estabelecida, coloque na agenda esse tempo, programe-se, se você não tem, tente encontrar um momento dentro do seu dia que você consiga dedicar a você.

E, vale lembrar que autocuidado não é só spa e skincare. Autocuidado é fazer aquilo que te faz bem.

Vou dar um exemplo: estar com as unhas feitas me faz muito bem, então encaixo na minha rotina da semana um momento para fazer minhas unhas. Mas também me faz muito bem acordar com a casa arrumada, me dá ânimo e disposição para começar o dia.

Então, antes de me deitar, eu tiro um tempinho para colocar as coisas no lugar, lavar uma loucinha que ficou na pia, uso a regra dos 10 minutos (se eu consigo fazer isso em até 10 minutos, eu não vou deixar para amanhã). Isso me faz muito bem no dia seguinte então eu também considero uma forma de autocuidado. Tomar um banho sozinha, assistir um episódio da minha série do momento, tomar uma taça de vinho com pipoca, todas essas são algumas formas de autocuidado que eu tento encaixar na minha rotina de alguma forma.

Quando seus filhos virem que você está bem, praticando o autocuidado na maternidade, se priorizando também, eles vão pelo exemplo a ter amor-próprio. Só que, da mesma forma, que a frustração e a sobrecarga também podem refletir no seu maternar e servir de exemplo para seus filhos.

Então lembrem-se sempre: mãe feliz e realizada, filhos felizes e bem cuidados.

Venha conferir o conteúdo que preparei para você, mulher, ser mais gentil com você CLIQUE PARA CONFERIR.

Conte comigo nessa jornada de encontrar o que te faz bem!

De mãe em mãe, construiremos um novo maternar.

Deixe um comentário

Fechar Menu