You are currently viewing Como compor o prato de refeição do bebê?<span class="wtr-time-wrap after-title">Tempo estimado de leitura: <span class="wtr-time-number">2</span> minutos</span>

Como compor o prato de refeição do bebê?Tempo estimado de leitura: 2 minutos

Oi flor do dia, tudo bem com você? 

Quando começamos a introdução alimentar, uma dúvida que sempre aparece é: o que devo oferecer para o bebê nas refeições salgadas? 

O ideal é que o prato do bebê contenha um alimento de cada um dos 5 grupos alimentares, que detalharei abaixo: 

  1. Legumes 

Responsáveis pelas vitaminas e minerais do prato, os alimentos do grupo dos legumes são: cenoura, abóbora, abobrinha, beterraba, berinjela, tomate, quiabo, maxixe, alcachofra, jiló, beterraba, cenoura, pimentão, palmito etc. 

  1. Verduras

Responsáveis por mais alguns minerais e pelas fibras do prato, as verduras incluem brócolis, acelga, agrião, alface, almeirão, couve-flor, catalonha, chicória, couve, couve de bruxelas, escarola, espinafre, endívias, mostarda, repolho, vagem, rúcula. 

  1. Cereais e tubérculos

Os cereais e os tubérculos são alimentos fontes de carboidrato, responsáveis por fornecer energia para nossas células. 

Os cereais são milho, aveia, arroz, macarrão, mandioquinha, mandioca, inhame, cará, batata, trigo (e tudo que vai farinha de trigo), 

  1. Carnes e ovos

São as fontes de proteína animal do prato, que são responsáveis pela fabricação e estrutura das células. São também importantes para o fornecimento de ferro. 

Aqui estão inclusos carne bovina, suína, frango, peixes e ovos.

  1. Leguminosas

Também são fonte de proteína,mas de origem vegetal, ferro e fibras. 

As leguminosas são os feijões (branco, preto, vermelho, carioca, fradinho), grão-de-bico, lentilha, ervilha, fava. 

Quando for montar o pratinho do bebê, lembre-se de colocar pelo menos 1 alimento de cada grupo e de não misturar os alimentos. É importante que o bebê conheça o sabor de cada alimento e, se eles estiverem misturados, a formação do paladar ficará prejudicada. 

De mãe em mãe, construiremos um novo maternar!

Até jajá!

Para acompanhar essa e outras dicas, siga-me no instagram @gibelarmino_

REFERÊNCIAS

Ministério da Saúde. Guia alimentar para crianças brasileiras menores de 2 anos, 2019.

Sociedade Brasileira de Pediatria. Manual de Alimentação: orientações para alimentação do lactente ao adolescente, na escola, na gestante, na prevenção de doenças e segurança alimentar, 2018.

Deixe uma resposta

Fechar Menu