You are currently viewing Tampão mucoso: como saber se já saiu?<span class="wtr-time-wrap after-title">Tempo estimado de leitura: <span class="wtr-time-number">6</span> minutos</span>

Tampão mucoso: como saber se já saiu?Tempo estimado de leitura: 6 minutos

Quando se fala em trabalho de parto, um ponto que gera dúvidas é a saída do tampão mucoso. Saiba como identificá-lo e o que fazer quando ele sai!

As semanas que antecedem a chegada do bebê são experiências únicas para cada mulher. Aliás, mesmo as mães de segunda viagem podem vivenciar momentos diferentes. Dessa forma, não existe um manual que a gestante possa seguir para saber exatamente o que vai acontecer.

O importante é reunir o máximo de informações para se preparar para o parto: uma delas é entender sobre o tampão mucoso. Essa é a ideia deste post: mostrar as características dessa secreção, quando ela é liberada, o que fazer quando perceber a saída do tampão e o sinais que indicam o trabalho de parto.

Confira a seguir!

O que é o tampão mucoso? 

tampão mucoso
Imagem: Canva

O tampão mucoso é uma substância produzida pelo corpo nos primeiros meses de gravidez, que tem como objetivo evitar que bactérias e outros microrganismos cheguem até o útero e interfiram no desenvolvimento do bebê e a continuidade da gestação. O tampão fica localizado logo após o canal vaginal, fechando o colo do útero e permanecendo até que o bebê esteja pronto para nascer, nos casos de gravidez sem nenhum risco.

A saída do tampão mucoso é um sinal de que o colo do útero começou a amolecer/amadurecer e, por isso, é normal que aconteça por volta das 37 semanas, quando o trabalho de parto está próximo. O tampão quase sempre tem consistência gelatinosa, mas sua cor pode variar desde transparente até marrom avermelhado.

Após a saída do tampão, é comum que cólicas leves comecem e que a barriga apresente momentos de endurecimento ao longo do dia, no entanto isso não significa que já se esteja em trabalho de parto, pois essa fase é marcada por outros sintomas, como contrações ritmadas e o rompimento da bolsa das águas. 

No curso “Tudo o que uma tentante, gestante ou mãe de primeira viagem precisa saber” o Dr. Alberto Guimarães, ginecologista obstetra da Parto Sem Medo, explica com detalhes os principais sintomas de início do trabalho de parto. Confira. 

Como identificar o tampão mucoso corretamente

Quando sai, o tampão normalmente se desprende inteiro do útero, é semelhante a uma clara de ovo esbranquiçada e o tamanho de 4 a 5 centímetros. No entanto, é capaz de variar de forma, textura e cor, mesmo em uma gravidez sem risco nenhum. As variações que o tampão mucoso pode ter são:

Forma: inteiro ou em pedaços;

Textura: clara de ovo, gelatina firme, gelatina amolecida;

Cor: transparente, embranquecida, amarelada, avermelhada ou em alguns casos, em tons terrosos parecidos com o marrom.

Por ter um aspecto bastante característico, a saída do tampão quase nunca é confundida com o rompimento da bolsa amniótica, por não gerar dores e acontecer cerca de 3 semanas antes da data prevista para o nascimento.

É necessário ter atenção e entrar em contato com o seu médico, caso essa camada de muco expelida fique repentinamente na coloração vermelha, pois pode ser sinal de placenta prévia ou descolamento prematuro da placenta.

Quando acontece a saída do tampão

O mais comum é que o tampão mucoso seja liberado entre as 37 e as 42 semanas de gravidez e, em casos mais raros, isso pode acontecer apenas durante o trabalho de parto ou quando o bebê já está nascendo.

No caso de mulheres que já tiveram partos anteriores, o tampão pode sair várias vezes ao longo da gestação, sem ser sinal de nenhum problema ou de parto prematuro.

Por isso, ao identificar que o tampão mucoso saiu, não existe a necessidade de ir imediatamente ao hospital. É preciso perceber se há outros indícios do trabalho de parto, como a saída de líquido pelo rompimento da bolsa e contrações mais fortes, longas e próximas.

Mas sei que são muitas emoções que envolvem a gestante nesse momento. Então, a dica é sempre entrar em contato com o seu médico ou doula para se certificar de que está tudo bem.

O tampão pode sair antes do tempo?

Quando o tampão sai numa fase inicial da gravidez, geralmente não é sinal de um problema, podendo indicar apenas que o corpo ainda está se adaptando às mudanças provocadas pela gravidez. Embora o bebê fique mais suscetível a infecções nesse período, o corpo volta a produzir um novo tampão rapidamente para voltar a proteger o útero.

Por isso, o tampão saindo antes do tempo não deve ser motivo para preocupações. No entanto, sempre é importante informar o obstetra que está acompanhando a gravidez, para que possa ser avaliado se existe algum risco para a gestação.

O que fazer após a saída do tampão mucoso

tampão mucoso
Imagem: Canva

Após a saída do tampão mucoso é recomendado atenção a outros sinais do início do trabalho de parto, como rompimento da bolsa de água ou contrações frequentes e regulares. A saída do tampão mucoso não indica necessariamente que o trabalho de parto irá começar, podendo levar até 3 semanas, ou mais, para isso acontecer.

Espero ter conseguido explicar os principais pontos quando se trata do tampão mucoso e a forma como ele é liberado.  O importante é a gestante manter a calma, não hesitar em conversar com o médico para tirar todas as dúvidas e ter em mente que está chegando o momento de conhecer o seu bebê.

Confira mais dicas sobre como se preparar para o parto e para a chegada do bebê no curso “Tudo o que uma tentante, gestante ou mãe de primeira viagem precisa saber: dicas práticas” que elaborei em parceria com a equipe Parto sem Medo! 

O curso é 100% online e gratuito e ainda conta com materiais de apoio para te ajudar a colocar em prática tudo o que aprendeu! 

Ele estará no ar somente até o dia 30 de junho, aproveite! 

tudo que uma gestante, tentante ou mãe de primeira viagem precisa saber

De mãe em mãe, construiremos um novo maternar!

Referências

Lacroix G, Gouyer V, Gottrand F, Desseyn JL. The Cervicovaginal Mucus Barrier. Int J Mol Sci. 2020;21(21):8266. Published 2020 Nov 4. doi:10.3390/ijms21218266

Hundley V, Downe S, Buckley SJ. The initiation of labour at term gestation: Physiology and practice implications. Best Pract Res Clin Obstet Gynaecol. 2020;67:4-18. doi:10.1016/j.bpobgyn.2020.02.006

Deixe um comentário

Fechar Menu