You are currently viewing A partir de quando o bebê pode dormir com cobertor ou travesseiro?<span class="wtr-time-wrap after-title">Tempo estimado de leitura: <span class="wtr-time-number">5</span> minutos</span>

A partir de quando o bebê pode dormir com cobertor ou travesseiro?Tempo estimado de leitura: 5 minutos

A maioria dos pais e mães querem se certificar de que seu bebê esteja sempre quentinho, seguro e protegido. Para a maioria de nós isso significa, no frio, utilizar um cobertor quentinho.

Entretanto, o uso de cobertores e travesseiros no berço podem aumentar o risco de morte súbita do lactente e de sufocamento. Portanto, seu uso não é recomendado no início da vida dos pequenos! 

Ao descobrir essa recomendação, surgem duas questões na cabeça dos pais: quando o bebê pode dormir com cobertor ou travesseiro com segurança e como fazer para manter meu bebê aquecido em dias frios sem o uso de cobertor? Leia mais para descobrir! 

Quando o bebê pode dormir com cobertor? 

quando o bebê pode dormir com cobertor
Imagem: Canva

De acordo com a Academia Americana de Pediatria (AAP), bebês saudáveis podem dormir com cobertor a partir do primeiro ano de vida, de preferência a partir dos 18 meses de idade.

Bebês com menos de 12 meses devem dormir em um berço firme, coberto apenas com o um lençol e de barriga para cima. No caso do lençol, é preferível que seja de elástico para que não se solte do colchão. 

Antes de completar um ano, seu bebê deve dormir em um berço sem objetos soltos como almofadas, bichinhos de pelúcia, rolinhos, segura-bebês, protetores de berço e outros dispositivos que seguram o corpo em determinada posição. 

Estamos nos aproximando do inverno, em São Paulo as temperaturas já caíram essa semana, então fica a dúvida: como fazer para manter meu bebê aquecido em dias frios sem o uso de cobertor? A boa notícia é que há várias maneiras seguras de manter o seu bebê quentinho durante a noite ou durante a soneca.

Como manter meu bebê aquecido sem o uso de cobertor?

Antes de procurar alternativas para o cobertor, é importante saber que a temperatura recomendada para um ambiente de sono saudável e seguro é entre 20ºC e 22,2ºC durante o ano todo.

Exagerar nas camadas de roupa ou usar aquecedores no quarto do bebê também pode aumentar o risco de morte súbita do lactente por hipertermia.

Você pode usar a si mesma como parâmetro para saber se seu bebê precisa de camadas extras de roupa ou não para dormir confortavelmente. Isso significa que se você estiver com frio, seu bebê provavelmente também estará.

Nessas condições, você pode vesti-lo com mais camadas de roupas, colocar pijamas quentes e usar sacos de dormir. O saco de dormir é um cobertor de vestir seguro e que oferece uma camada extra de aquecimento ao corpo do seu bebê sem os perigos que um cobertor regular ou lençóis oferecem.

E o travesseiro, a partir de quando o bebê pode usar para dormir? 

quando o bebê pode dormir com cobertor
Imagem: Canva

Ao nascer, o pescoço do bebê ainda é muito pequeno e a sua cabeça é muito maior em comparação com o resto do corpo, então não é necessário a utilização de travesseiro. 

No entanto, desde que a Academia Americana de Pediatria passou a recomendar que os bebês dormissem de barriga para cima, o número de mortes devido à Síndrome da Morte Súbita Infantil caiu pela metade. Apesar da diminuição das mortes, os pediatras perceberam um aumento significativo nos casos de bebês com assimetrias cranianas, ou seja, com a cabeça achatada. 

O travesseiro ajuda a reduzir os efeitos da Plagiocefália, ou Síndrome da Cabeça Chata, então, nesse sentido, a partir dos 6 meses, já é possível introduzir um travesseirinho baixinho e macio apenas para apoiar a cabeça e evitar deformações,

Após completar o primeiro ano, os pequenos já começam a apresentar ombros mais largos do que a cabeça, o que força a estrutura óssea do pescoço das crianças quando dormem de lado. O ideal nessa fase é incluir um travesseiro um pouquinho mais alto, que preencha o espaço entre a cabecinha do neném e o colchão, o que vai manter a coluna alinhada e as vias respiratórias livres.

A troca do berço pela cama é outro momento no qual o travesseiro deve ser trocado. Nessa fase as crianças devem ser orientadas a dormir sempre de lado, alterando de um lado para o outro, com um travesseiro mais semelhante ao de um adulto e que possa preencher completamente o espaço entre sua cabeça e o colchão. Os pais devem optar por um produto bem macio e baixo, de no máximo 8cm de altura.

Outro conselho para te ajudar a identificar a hora de trocar o travesseiro por um mais alto é observar a postura da criança. Ao deitar, se perceber que o pescoço da criança está inclinado para baixo, é hora de substituir o travesseiro por outro.

De mãe em mãe. construiremos um novo maternar!

Referências 

Moon RY; TASK FORCE ON SUDDEN INFANT DEATH SYNDROME. SIDS and Other Sleep-Related Infant Deaths: Evidence Base for 2016 Updated Recommendations for a Safe Infant Sleeping Environment. Pediatrics. 2016;138(5):e20162940. doi:10.1542/peds.2016-2940

Systematic Review and Evidence-Based Guidelines for the Management of Patients with Positional Plagiocephaly. Pediatrics. 2016;138(5):e20162802. doi:10.1542/peds.2016-2802

Sociedade Brasileira de Pediatria. Departamento de Medicina do Sono. Síndrome da Morte Súbita do Lactente. Documento Científico nº 4, outubro de 2018. Disponível em: https://www.sbp.com.br/fileadmin/user_upload/20226d-DocCient_-_Sindrome_Morte_Subita_do_Lactente.pdf. Acesso em: maio/2022.

Deixe um comentário

Fechar Menu