You are currently viewing 5 dicas para iniciar o desmame noturno<span class="wtr-time-wrap after-title">Tempo estimado de leitura: <span class="wtr-time-number">4</span> minutos</span>

5 dicas para iniciar o desmame noturnoTempo estimado de leitura: 4 minutos

O desmame noturno traz dúvidas para muitas mães. Com algumas dicas, dá para conduzir esse processo de modo gentil, permitindo que o bebê durma tranquilo. 

Enquanto alguns bebês dormem a noite toda, outros têm o hábito de acordar várias vezes para mamar. No caso do segundo grupo, muitas mães ficam em dúvida sobre como fazer o desmame noturno de forma tranquila.

Como sabemos que a amamentação e o afeto são conceitos que se misturam, pode ser desafiador reduzir esse contato. Contudo, é um passo importante para o bebê, pois vai ajudá-lo a dormir a noite inteira e permitir que a mãe também tenha um sono sem interrupções.

Como conduzir um desmame gentil

Mas como realizar esse processo de maneira gentil? Hoje trago 5 dicas para você realizar o desmame noturno de um jeito tranquilo. Confira!

5 dicas para iniciar o desmame noturno de forma gentil

1. Verifique se há dentinhos nascendo

Dependendo da época em que a mãe inicia o desmame noturno, esse período pode coincidir com o nascimento de um novo dentinho. O processo causa coceira na gengiva do bebê, logo, é possível que ele acorde e procure mamar justamente para aliviar o desconforto.

A recomendação é conversar com o pediatra ou odontopediatra para saber se existe algo a fazer. O profissional pode indicar formas de reduzir o incômodo na dentição, de modo que o seu filho não acorde por conta dessa queixa.

2. Reduza a ingestão de alimentos sólidos à noite

A digestão dos alimentos pode trazer incômodos ao bebê e até refluxo, fazendo-o acordar mais vezes por conta de algum desconforto abdominal. Então, esqueça a história de colocar o bebê para dormir com a barriguinha cheia para evitar que ele acorde e queira mamar.

O ideal é evitar ou reduzir a quantidade de alimentos sólidos próximo da hora do sono para que seu filho consiga dormir melhor, facilitando, assim, o desmame noturno.

Clique aqui para saber mais sobre como organizar a rotina e sono do bebê

3. Verifique a temperatura e o conforto do bebê para dormir

Outro ponto que pode fazer o bebê acordar é ele sentir frio ou calor na cama ou no berço. Então, é importante que você planeje o conforto do seu pequeno, considerando a temperatura do ambiente. Dessa maneira, fica mais fácil escolher o tipo de pijama e roupas de cama adequadas.

Falando em conforto, sabemos que o bebê pode acordar por estar acostumado a dormir com alguém perto dele. Acontece que é automático associar a mãe ao leite. Então, se for essa a situação, a dica pode ser o pai (ou um irmão mais velho) dormir ao lado do pequeno para que ele não peça para mamar.

4. Crie uma rotina para desassociar o sono da mamada

É muito comum bebês que precisam mamar para dormir, e essa prática dificulta o desmame noturno. Por isso, estabeleça uma rotina de sono para criar outros hábitos que sinalizem esse momento para o seu filho, que não incluem, necessariamente, a mamada. 

Aqui no site já fiz um post contando passo a passo para desacostumar o bebê a dormir mamando. Clique no link abaixo para conferir. 

Passo a passo para desacostumar o bebê a dormir mamando

5. Ofereça apenas um dos seios à noite

Por último, quando estiver reduzindo a frequência da amamentação, procure oferecer apenas um seio, para que o bebê consuma o leite gordo e, desse modo, fique saciado. É uma maneira de fazer ele dormir por mais tempo, facilitando o desmame noturno.

É possível fazer o desmame noturno do bebê de um jeito natural. O importante é a mãe sempre oferecer colo e muito carinho se a criança chorar por conta da mudança. Além disso, caso o processo não tenha sucesso, não hesite em voltar atrás e recomeçar em um momento oportuno.

Espero que esse conteúdo te ajude nesse momento de desmame. Se tiver alguma dúvida, não hesite em me contar aqui nos comentários ou lá no Instagram @gibelarmino_.

De mãe em mãe, construiremos um novo maternar!

Deixe um comentário

Fechar Menu