You are currently viewing Higiene bucal do bebê: 8 passos para a escovação perfeita<span class="wtr-time-wrap after-title">Tempo estimado de leitura: <span class="wtr-time-number">4</span> minutos</span>

Higiene bucal do bebê: 8 passos para a escovação perfeitaTempo estimado de leitura: 4 minutos

A primeira pergunta que vem à cabeça quando falamos de higiene bucal do bebê é quando devem começar esses cuidados. 

Eu já expliquei detalhadamente em outro post aqui no site que o bebê deve ser levado ao dentista após o aparecimento do primeiro dentinho de leite. Nessa primeira consulta os pais receberão orientações quanto à alimentação do bebê, a forma mais correta para escovar os dentes do bebê, o tipo de escova ideal e a pasta de dentes que deve ser utilizada.

Entretanto, mesmo que a primeira consulta com o odontopediatra seja apenas após o nascimento do primeiro dentinho, a higiene bucal do bebê deve ser realizada desde o nascimento. Desta forma, antes dos dentes do bebê nascerem, as gengivas, as bochechas e a língua do bebê devem ser limpos com uma gaze e água filtrada pelo menos duas vezes por dia, sendo uma delas à noite antes do bebê dormir.

Depois da erupção dos primeiros dentes de leite, a higiene bucal do bebê deve ser realizada da mesma maneira que a dos outros membros da família, isto é, como a primeira tarefa da manhã e a última tarefa da noite, e se possível, depois de cada refeição.

E como deve ser feita a escovação? Confira o passo a passo abaixo!

8 passos para realizar a higiene bucal do bebê corretamente

Murilo mostra como fazer a correta higiene bucal do bebê

1) A higiene bucal do bebê precisa ser realizada por um adulto, que deve apoiar a cabeça do bebê para melhor conforto dos dois.

2) Use uma escova própria para bebês, com cabeça pequena e cerdas macias e creme dental com flúor. Antigamente a recomendação era utilizar creme dental sem flúor, mesmo para bebês, mas essa recomendação mudou. A pasta de dentes ideal para a higiene bucal do bebê e de crianças é com flúor na concentração de, no mínimo, 1000 ppm. Fique atento ao rótulo quando for escolher porque a mesma marca de creme dental infantil pode apresentar diferentes concentrações de flúor!

3) Coloque na escova uma pequena quantidade de creme dental: para crianças que não sabem cuspir, a quantidade de pasta deve ser do tamanho de um grão de arroz cru e para crianças que já sabem cuspir a quantidade deve ser do tamanho de um grão de ervilha. Geralmente no meio da escova de dentes infantil as cerdas têm uma cor diferente, indicando a quantidade de pasta que deve ser colocada.

4) Escove com movimentos leves e fique atento para passar por todos os lados de todos os dentes do bebê. Se alguma parte não for escovada, poderá surgir cárie. Aqui no site tem um video onde mostro na prática como devem ser os movimentos da escovação de acordo com a orientação da odontopediatra dos meus filhos.

5) Se o bebê apresentar dentes juntos, deve ser usado também o fio dental para remover restos de alimentos e placa bacteriana dos locais onde a escova não alcança.

7) Por último, não se esqueça de escovar a língua do bebê!

8) Você também pode estimular a higiene dos dentes do bebê dando o exemplo e fazendo a sua higiene bucal na frente dele. Eles imitam muito os adultos!

As crianças devem ser orientadas e encorajadas a realizar a higiene oral como primeira tarefa da manhã e última tarefa antes de dormir. Desde o nascimento dos primeiros dentes do bebê e até que eles completem sete anos de idade, o adulto responsável deve realizar a escovação, pois elas ainda não possuem destreza suficiente para realizar a higiene corretamente. Depois dos sete anos, a criança pode escovar dentes sozinha, mas sempre com supervisão dos adultos. Aos 10 anos, as crianças podem realizar a escovação sozinhas.

Espero que tenha gostado desse conteúdo. Lá no Instagram eu mostro como conduzo essas dicas na prática com o Gustavo e com o Murilo. Se você ainda não segue, é @gibelarmino_.

De mãe em mãe, construiremos um novo maternar!

Deixe um comentário

Fechar Menu