You are currently viewing 5 Atitudes que aprendi com dois bebês dorminhocos<span class="wtr-time-wrap after-title">Tempo estimado de leitura: <span class="wtr-time-number">1</span> minuto</span>

5 Atitudes que aprendi com dois bebês dorminhocosTempo estimado de leitura: 1 minuto

5 COISAS que aprendi sendo mãe de dois bebês dorminhocos (mas com personalidades opostas) em relação a SONO:

  • Desde bebê, estabelecer uma organização dos acontecimentos do dia (soneca, horário de banho, de almoço, lanches e jantar) é essencial para garantir “sanidade mental” da família (é bom pra todos, pais e bebê).
  • Sinalizar o momento de dormir com um ambiente mais escuro, mais silencioso, uma roupa adequada para esse momento, ajuda muito o bebê entender o que é dia e o que é noite e é respeitoso em relação ao seu momento de dormir. Ruído branco, charutinho, banho de ofurô podem acompanhar esse momento.
  • Depois dos dois primeiros tópicos executados, o bebê cresce seguindo esse ritmo para sempre e as aventuras em família ficam muito mais legais.
  • Reflexo de moro é normal nos primeiros 3 meses e entender isso é super importante para não interferir no sono do bebê sem necessidade.
  • Se colocar no lugar do bebê é essencial para entender o que melhor funciona pra ele, respeitar a sua personalidade é muito importante. Tem bebê que precisa de mais silêncio pra dormir, outros são sensíveis à luz e outros dormem no meio do samba e tudo bem! Importante entender quem é o seu bebê e respeitá-lo, nunca largá-lo chorando. Mostrar que está por perto e conduzi-lo nesse caminho de forma acolhedora é certeza de sucesso!

Mais algum item para acrescentar nessa lista?

Deixe uma resposta

Fechar Menu