You are currently viewing 10 dicas para se preparar para o parto<span class="wtr-time-wrap after-title">Tempo estimado de leitura: <span class="wtr-time-number">5</span> minutos</span>

10 dicas para se preparar para o partoTempo estimado de leitura: 5 minutos

Durante a gestação, as mulheres ficam com a agenda super cheia, afinal, são tantas consultas e exames, coisas a fazer e resolver, enxoval, além da vida cotidiana que precisa ser cumprida e o parto, quase sempre, é uma fonte de ansiedade para as mulheres. Por isso, hoje trago 10  dicas para te ajudar a se preparar para o parto. 

Vou dividir esse conteúdo em 3 temas: como preparar o corpo, a mente e a rotina da casa, para te ajudar a diminuir a ansiedade com esse momento e curtir a jornada da sua gestação! 

Como se preparar para o parto: mente

1- Informação

Minha primeira dica é: leia o máximo que puder. Compreender o que a espera em todas as etapas, ajudará a manter a calma quando o processo começar. 

2- Cursos

Você também pode procurar um curso pré-natal, curso de amamentação e curso de sono para fazer com seu companheiro. Esses cursos falam sobre parto, banho, cuidados com unhas, umbigo, te ensinam a estabelecer uma rotina de sono e amamentação e podem te ajudar a se sentir mais preparada para receber seu bebê. Coloque em sua listinha de cursos, o curso de amamentação e sono. 

3- Plano de parto

Com a ajuda do seu médico, escreva um plano que descreva o tipo de parto que você deseja.

Como preparar para o parto: corpo

Existem alguns exercícios que você pode fazer nas últimas semanas de gravidez para ajudar a preparar seu corpo para o parto, principalmente se você optar por um parto normal. Importante lembrar que você deve consultar seu médico antes sobre qualquer exercício que deseja fazer, tá bom? 

4- Bola de parto

A partir das 30 semanas de gravidez, você pode praticar o uso da bola de parto. Isso ajuda sua postura e pode incentivar a cabeça do bebê a se mover para o local correto. Muitas aulas pré-natais incluirão uma demonstração de como você pode usar a bola de parto – tanto na preparação para o parto como durante o nascimento.

5- Fisioterapia para períneo

Seu períneo é a área entre a vagina e o ânus e durante o parto normal pode acontecer uma laceração nesse local. A fisioterapia perineal pode ajudar a reduzir o risco de laceração e também te ajudar a manter a musculatura do assoalho pélvico fortalecida, isso no futuro te ajudará a evitar problemas comuns relacionados à musculatura pélvica em mulheres que têm parto normal. 

6- Técnicas de respiração

Busque por informações sobre técnicas de respiração para ajudá-la a lidar com as contrações. Pratique-as para que esteja melhor preparada quando estiver em trabalho de parto.

7- Atividade física

Assim como a fisioterapia para períneo e as técnicas de respiração, algumas atividades físicas como ioga e pilates são ótimas para gestantes porque trabalham musculatura, corpo e mente, te ajudam a relaxar e a manter o preparo físico. 

Como preparar para o parto: casa e rotina

8- Adiantar supermercado com produtos não perecíveis e de limpeza suficientes para 3 meses

Parece pouca coisa, mas ir ao supermercado, ou esperar alguém ir para você, não ter opções para oferecer para visitas, podem dificultar e estressar esse momento de adaptação. Precisamos lembrar que, infelizmente, no Brasil a licença paternidade é de 5 a, no máximo, 20 dias, então dependendo de como for a sua estrutura de apoio, ter as compras em casa vai ser uma mão na roda, principalmente se você tiver outro ou outros filhos, porque além de cuidar do bebê, precisa dar comida, banho, atenção para os mais velhos. 

9- Cozinhar algumas opções de cardápio e congelar em porções individuais

O bebê exige muito do nosso tempo e você precisa se alimentar bem, então ter a sua refeição pronta facilita muito. 

Uma observação que aconteceu comigo e eu acho que vale muito a pena compartilhar: fiz opções que atendem alergia à proteína do leite de vaca (o Gu teve APLV e minha alimentação precisou ser especial para que meu leite não o prejudicasse). Como não sabia como seria com o Murilo, já fiz opções sem a proteína.

10- Combinar a rotina do dia a dia 

Combine previamente com seu companheiro ou companheira ou quem estiver com você nessa fase como será a rotina de cuidados com animais de estimação, se tiver, higienização de louça, roupa, passar a roupa do bebê, que são ações essenciais e que precisarão ser realizadas diariamente. E o combinado não sai caro. Saber exatamente quais são as tarefas do dia e já combinar quem e como executá-las, vai reduzir o estresse da bagunça. 


Lembre-se que esse conteúdo não substitui a consulta com seu médico obstetra e outros profissionais especializados em parto e preparo para o parto. A ideia é que você se informe de suas opções para diminuir a ansiedade e busque junto com a sua equipe a melhor solução de como se preparar para o parto. 

De mãe em mãe, construiremos um novo maternar!

Referência

Wallace SL, Miller LD, Mishra K. Pelvic floor physical therapy in the treatment of pelvic floor dysfunction in women. Curr Opin Obstet Gynecol. 2019;31(6):485-493. doi:10.1097/GCO.0000000000000584

Deixe um comentário

Fechar Menu