You are currently viewing Passo a passo para começar a introdução alimentar no 6º mês<span class="wtr-time-wrap after-title">Tempo estimado de leitura: <span class="wtr-time-number">2</span> minutos</span>

Passo a passo para começar a introdução alimentar no 6º mêsTempo estimado de leitura: 2 minutos

Chegou a tão esperada hora da introdução alimentar do seu bebê e, com ela, a dúvida de como começar. Por isso, hoje eu trago um passo a passo de como conduzir a introdução alimentar do bebê aos 6 meses de idade. Já contei em outro post porque devemos esperar essa idade para iniciar essa introdução alimentar, deixarei o link abaixo.

QUANDO INICIAR A INTRODUÇÃO ALIMENTAR?

Hoje vou ensinar vocês um passo a passo de como fazer a introdução alimentar do bebê

Quando desenvolvi o método Gi Belarmino de Introdução Alimentar na Prática, eu dividi a introdução alimentar em steps, considerando diversos aspectos do desenvolvimento do bebê e da aceitação dos alimentos. O Step 1 é o início dessa jornada e deve ser iniciado quando o bebê tiver 6 meses completos e apresentar todos os sinais de prontidão.

Costumo chamar esse step de fase de adaptação e teste de tolerância. O foco aqui é apresentar os alimentos, mas não há uma regra de como comer e, principalmente, quanto comer. É preciso entender que até ontem esse bebê só tomava leite, é natural que ele estranhe texturas e sabores diferentes na boca. Relaxe e confie no seu bebê.

Como conduzir a introdução alimentar no 6º mês

1º semana: 1 porção de fruta no lanche da manhã e 1 no lanche da tarde. O objetivo é conhecer as frutas, seus sabores e texturas; testando tolerância e aceitação; uma dica: oferecer a mesma fruta para não confundir caso tenha alergia e intolerância.

2º semana: 1 porção de legume ou carboidrato e 1 porção de proteína. O objetivo é conhecer os legumes,  carboidratos e carnes, seus sabores e texturas; testando tolerância e aceitação; repete as frutas da semana anterior;

3º semana: novas frutas, novos sabores, textura e avaliação de tolerância; repete cardápio de carboidratos, legumes e carnes;

4º semana: incluir verdura, caldo da leguminosa e o prato do almoço já tem os 5 grupos de alimentos

Importante aqui nessa fase é avaliar se o bebê tem intolerância por algum alimento. Por isso, reveze as novidades com alimentos já experimentados para, caso ocorra gases, vermelhidão pelo corpo, cólica, diarreia, conseguir identificar qual alimento causou a reação.

Espero que esse post te ajude a começar a introdução alimentar do seu bebê com segurança e tranquilidade.

Para saber como conduzir nos demais meses até chegar na alimentação da família com 1 ano, assista o curso “Introdução Alimentar na Prática” que está disponível gratuitamente aqui na plataforma.

CLIQUE AQUI PARA ASSISTIR O CURSO GRATUITO

De mãe em mãe, construiremos um novo maternar!

Deixe um comentário

Fechar Menu