You are currently viewing Entrevista para escolha de babá: tudo que você precisa saber<span class="wtr-time-wrap after-title">Tempo estimado de leitura: <span class="wtr-time-number">5</span> minutos</span>

Entrevista para escolha de babá: tudo que você precisa saberTempo estimado de leitura: 5 minutos

A licença-maternidade acabou e você precisa voltar ao trabalho? Quando a família opta por contratar uma babá, começam as preocupações. Afinal, essa pessoa estará dentro da sua casa, cuidando do bem mais precioso da sua vida, participando da rotina da sua família. Ela fará parte da história do seu filho e, por isso, a entrevista para escolha de babá é tão importante.

Eu tenho muita experiência com gestão de pessoas no meu trabalho, sou responsável por diversos processos seletivos e normalmente as técnicas e meu feeling funcionam bem na hora de contratar alguém para o trabalho, mas a entrevista para escolha de babá é bem diferente.

Quando eu voltei da licença maternidade do Muri, considerei contratar uma babá, porque queria esperar ele crescer mais um pouquinho para mandar para a escola. Cheguei a fazer uma busca e conversar com algumas pessoas, mas meu coração não ficou em paz e acabei combinando com a minha mãe para cuidar dele por meio período, enquanto eu trabalhava, por alguns meses, até que eu me sentisse confortável em colocá-lo na escolinha. 

Estou falando isso para contar que eu super entendo a aflição que pode ser essa ideia de ter alguém diferente cuidado dos seus filhos, mas sei também que muita gente não tem família perto e disponível para ajudar, então separei uma relação de perguntas para servir de guia e te ajudar a entrevistar a babá. 

LEIA MAIS

Entrevista para escolha de babá

Perguntas básicas para entrevista para escolha de babá:

– Nome completo

– Idade, quando faz aniversário (tem que goste de saber o signo e é o tipo de pergunta que ajuda a quebrar o gelo!)

– Se é casada, solteira, tem namorado, tem filhos

– Em caso de ter filhos, a idade e com quem ficam enquanto ela está trabalhando. Se já estão na escola, quem leva e quem busca.

– Onde mora, com quem mora

– Quanto tempo demorou para chegar até a sua residência

– Se o transporte até a sua residência foi fácil

– Grau de escolaridade, se sabe ler e escrever bem

– Qual a religião (esse tipo de pergunta não é fundamental para a contratação ou não, mas é importante para você conhecer melhor a pessoa)

– Se ela fuma

– Se ela passa por algum tratamento médico ou tem alguma doença

Sobre a experiência profissional

– Se ela tem curso de babá/ primeiros socorros com certificado

– Há quantos anos trabalha na função

– Quais foram os últimos empregos dela

– Quantos bebês/ crianças ela cuidou nas casas anteriores (se era um só, ou dois) e a faixa etária

– Como era a rotina dela na casa anterior

– Se ela era a responsável pela limpeza, lavar e passar roupa e comida do bebê/ crianças na casa anterior

– Por que saiu dos empregos anteriores

– Se tem disponibilidade para eventuais viagens com a família, hora extra, fins de semana esporádicos (se isso for importante e necessário no seu contexto)

– Pedir referências, nome e telefone das empregadoras anteriores

Perguntas Importantes

– Se ela já passou por alguma situação de emergência com as crianças nos empregos anteriores, como por exemplo o bebê ter engasgado ou a criança ter caído e sangrado. Se sim, o que ela fez. Se nunca, o que ela teria feito. (essa pergunta é importante para você analisar a firmeza e desenvoltura da babá);

– Se ela tem pique para brincar bastante;

-Qual a sua postura diante de uma birra? Como ela encara os descontroles emocionais infantis?

Conte sobre a sua expectativa em relação à babá

– Conte sobre a rotina da sua casa e o que espera que ela faça. Por exemplo, se ela será responsável pela faxina no quarto do bebê, roupas e alimentação, ou se você ou outra pessoa fará isso ou se você espera que em algum tempo vago, ela também te ajude com alguma função do lar. Isso é importante deixar alinhado. 

– Informe o horário de chegada e saída, horário do almoço

– Se você não gostaria que a babá use celular enquanto estiver brincando com o filho, mencione desde a entrevista.

– Se você também não quer que os bebês/ crianças sejam colocados para ver TV ou tablet, ou tem um tempo limite para isso, também fale na entrevista. (estas últimas duas perguntas são importantes para analisar a reação da candidata – e também porque acredito que quanto antes você deixar claro, melhor).

Enquanto ouve cada resposta, observar:

– O uso do português correto, sotaques, vícios de linguagem e uso de gírias, e se algum destes itens te incomoda.

– Se ela fala com confiança, se é segura ou perfil mais quietinho.

– Caso o bebê/ criança esteja em casa, se ela demonstra interesse em conhecer, interagir e tentar conquistar.

Para perguntar para a empregadora anterior:

– O motivo dela ter saído

– Se era pontual

– Se faltava muito ao emprego e por qual motivo

– Se é do tipo brincalhona ou mais quietinha

– Se cuida bem das coisas do bebê/ criança

– Se tinha boa desenvoltura para sair com o bebê/ criança, por exemplo pegar Uber para levar em alguma atividade.

– Se ficava muito tempo no celular, seja whatsapp ou falando.

Como eu falei, não existe resposta certa e currículo perfeito, existe o que vai funcionar para você e sua família. Você saberá avaliar cada uma dessas respostas dentro do que é importante e prioridade para você por isso não deixe de realizar a entrevista para escolha de babá.

Espero ter ajudado!

De mãe em mãe, construiremos um novo maternar!

Me acompanhe também no Instagram  @gibelarmino_ para mais dicas.

Deixe um comentário

Fechar Menu