Site icon De Mãe em Mãe

APLV, minha história com o Murilo

Muri é alérgico a proteína do leite de vaca? Por que faço dieta para APLV, sem proteína do ovo e sem flatulentos para amamentar o Murilo?

Aparentemente o Murilo não é alérgico! Entretanto, cólicas e refluxo iniciaram com 18 dias de vida, após eu consumir strogonoff com bastante molho branco. Por isso, nessa data resolvi fazer um registro de 14 dias, 7 dias com alimentação contendo leite e 7 dias com alimentação 0% leite e ovo

Nesse registro, eu inclui o que eu comi no dia, se teve cólica e refluxo, bem com frequência e intensidade dos mesmos, padrão das sonecas diurnas e do sono noturno, mamadas, banho e todos os detalhes do dia dele

Com esse quadro pude perceber que a intensidade das cólicas e frequência de refluxo (grifados em amarelo) eram piores nos dias com leite

Assim que percebi, restringi leite, derivados, traços e ovos, e junto, entrei com medicação para aliviar as cólicas

Com essas mudanças, o comportamento dele foi da água para o vinho
– refluxo melhorou muitoooo
– as cólicas reduziram muito a intensidade. Quando ele tem, são cólicas fisiológicas aliviadas com medicação e bolsa quente
– o padrão de sono melhorou absurdamente, hoje ele dorme bem as sonecas durante o dia e dorme de 5h a 7h todas as noites

Por isso mantenho a dieta, e como não persisti na alimentação com leite e ovos a tempo de analisar os sintomas e entrei com medicação que alivia as cólicas e isso pode influenciar, não conseguimos fazer o diagnóstico

Próximos passos: após o término das cólicas fisiológicas (3 meses se Deus quiser), vou reintroduzir aos poucos os alimentos traços até chegar no leite na minha alimentação e observar a tolerância dele

Obs: deve-se esperar de 4 a 7 dias após o início da dieta para APLV para notar alguma diferença nos sintomas
É fácil? Não, não é fácil, amamentar da fome, a dieta é beeeem restrita, mas ver a melhora do meu pequeno e o sorriso no seu rosto pq todo desconforto passou, não tem preço!
PS: toda conduta foi feita em conjunto com a pediatra, lembrando que não devemos fazer restrições sem indicação!

Sair da versão mobile